Tudo Igual

from A MEMÓRIA É AGORA by Câimbra

/

lyrics

Tudo igual nada normal
Tudo sempre igual
Tudo igual nada normal
Tudo vai sempre mal

A gente tá na verdade acostumado
A gente fica é aliviado
Preocupado e ocupado em manter tudo sempre igual

Tudo igual nada normal
Tudo sempre igual
Tudo igual nada normal
Aqui vai sempre mal

Eu sei
Que eu não sei
Não sei o quê
Eu não sei pra quê
E eu não sei o porquê
Que eu não sei que
Eu não sei
Eu sei
Que eu sei

Que eu não sei que
Sei
Não sei o quê
Eu sei
Que eu sei

Tento escrever, tento não me arrepender
Não rasurar, não hesitar, não censurar
Só arriscar

Minha intuição fez um refrão, que minha razão vetou
Eles não concordaram
Não cederam, nem tentaram

A gente tem medo da mudança
Tem medo da cobrança e da esperança
Que vai pra sempre acabar
Eu sei

Tudo igual

credits

from A MEMÓRIA É AGORA, released November 29, 2019
Produced by Câimbra.
Song written by Câimbra.
Lyrics by Gustavo McNair.

license

all rights reserved

tags

about

Câimbra Sao Paulo, Brazil

Câimbra is a Brazilian sludge/metal band from São Paulo.

contact / help

Contact Câimbra

Streaming and
Download help

Redeem code

Report this track or account